sábado, 12 de maio de 2018

Fechamento Abril/2018 - R$19.697,17 (+ R$ 5.910,57 ou 42.88% )

Fala poupadores!

O último mês foi completamente louco pra e corrido pra mim, mas o blog continua de pé. Como já falei outras vezes, acho muito legal ver o crescimento mês a mês da carteira e a evolução, e pretendo continuar o blog por bastante tempo.

Queria ter mais tempo pra postar coisas que acho interessantes, fazer review de livros de finanças, comentar sobre assuntos que tenho interesse, independência financeira, etc, mas infelizmente a correria do dia a dia não deixa. Como isso aqui é 100% hobby o blog acaba ficando em último lugar.

De qualquer maneira, segue os valores atuais da carteira:

Finanças: O mercado das cryptos deu uma recuperada da queda imensa do mês passado, e o patrimônio deu uma recuperada legal esse mês. Destaque pra ETH que aumentou em mais de 90% do valor do fechamento do mês passado. 

Não olhei praticamente nada sobre cryptos ou finanças no último mês, não to com tempo e nem saco de ficar atrás de oportunidades e crescimento, então esse mês foi tudo no piloto automático, e provavelmente vai ficar assim por enquanto.

Não tive aporte esse mês por causa de gastos extras com viagens e presentes que mataram o aporte completamente. Mês os aportes devem normalizar, ou pelo menos assim espero. 

Criptomoedas:




Outras categorias e total:










Nesse mês tive um aumento de  R$5.913,91 no portfólio, o que corresponde a um aumento de 42.88%.
 
Estudos e Vida Profissional: Retornei com essa seção esse mês por causa  de uma ótima notícia: fui promovido, e o salário base agora será 1.1k maior do que o atual!

Eu venho me dedicando bastante na empresa em que trabalho desde que comecei, e assumindo até muitas responsabilidades para alguém com pouca experiência, e finalmente o retorno veio. 

A parte mais "louca" dessa história é que na mesma semana que recebi esse aumento eu passei em um processo seletivo para trabalhar em uma empresa pública (praticamente pra ter vida de concursado, mas com carteira assinada) pra ganhar mais do que o salário antigo no emprego atual, e por uns dias fiquei na indecisão de saber o que fazer, porque os prós do outro trabalho (ganhar mais e ter mais qualidade de vida) seriam muito melhores do que o salário antigo, mas com esse aumento acabei decidindo ficar onde estou atualmente.

Foi uma boa decisão? Só o tempo vai dizer. Sinceramente, tem dias que eu não aguento o trabalho por causa de tanta coisa pra fazer, por voltar tarde pra casa, por levar serviço pro final de semana, e em outros momentos eu gosto do que faço  e da experiência que estou adquirindo. O problema é que o trabalho me deixa com praticamente zero de tempo livre pra lazer ou pra estudar ou trabalhar em outras coisas que tenho interesse, e o estresse durante o tempo livre acaba me incomodando muito. Pelo menos agora vou ter +/- 1k pra adicionar na conta todo mês. Nada mal.

Social e vida pessoal: Mês diifícil por causa de grande pressão pra entregar as atividades do trabalho no prazo, foram finais de semana e noites praticamente perdidas trabalhando e pensando nisso, o que é horrível pro bem estar pessoal. 

Tenho pensado em comprar uma moto ou carro usado pra melhorar a qualidade de vida, perdendo menos tempo indo pro trabalho (atualmente gasto 20 minutos, mas poderia diminuir pra 10) e podendo sair mais no final de semana, mas só de pensar nos eventuais gastos (combustível, manutenção, depreciação, documentos, oportunidade de investimento perdida, etc) já acabo desanimando. É bem difícil achar um carro decente por menos 15k, e chuto que no mínimo gastaria uns R$ 500 com todos os gastos mensais, o que traria um grande impacto no patrimônio.

Comprar uma moto parece ser uma solução bem mais razoável, imagino que gastaria uns 7k pra comprar algo decente e o custo pra manter seria bem baixo, mas o conforto não é o mesmo e risco de um acidente que aconteça algo ruim é muito maior com uma moto. 

Sinceramente não sei o que faço. Por enquanto eu faço uso do combo ônibus + bicicleta + uber que é bem barato, mas em compensação eu não saio pra praticamente nada. Por enquanto vou continuar no mesmo esquema, mas provavelmente vou acabar comprando uma moto em alguns meses.

Abraço.







quarta-feira, 18 de abril de 2018

Fechamento Março/2018 - R$13.786,59 (- R$ 7.058,74)

Olá pessoal.

Atualização super atrasada devido a correria do dia a dia, mas vou aproveitar um tempinho livre pra não deixar passar batido os valores do mês passado.

Finanças: Segue os valores conforme o dia 06/04, que foi o dia onde de fato fiz os cálculos. Não atualizei os valores do Tesouro Direto porque não consegui logar no site, então continua o valor usado no mês passado.

O valor do dólar usado para conversão para real foi de 3,33.

O "aporte" foi de aproximadamente 1000 reais, que foi pra poupança.

Criptomoedas: 

A tabela abaixo mostra os valores que compõe a minha carteira de criptomoedas.




 Outras categorias e total:








Nesse mês tive um aumento de  R$ -7058,74 no portfólio, o que corresponde a um aumento de -33.86%.

Por hoje é isso. Os valores de hoje (18/04) estão um pouco melhores já que as cryptos deram uma melhorada e o dólar está mais alto, mas vou deixar pra atualizar isso no próximo post.

Até a próxima.

domingo, 18 de março de 2018

A melhor explicação sobre o mercado de criptomoedas em menos de 25 minutos

Acabei assistindo esse vídeo do John Oliver essa semana sobre o mercado de criptomoedas, e o vídeo explica muita coisa sobre esse mercado louco. Recomendo assistir pra quem interesse no assunto.

O vídeo não tem legendas, mas se você realmente quer investir em criptomoedas o inglês é essencial (como você vai ler o white paper do projeto e entender a proposta dele se não sabe inglês?).




Por fim, antes de investir em qualquer coisa faça sua própria pesquisa e analise sua situação antes de tudo. Pra mim que não tenho filhos ou grande responsabilidades e tenho interesse em tecnologia faz sentido "apostar" um pouco nessa categoria, mas provavelmente não faz sentido pra você.

domingo, 4 de março de 2018

Fechamento Fevereiro/2018 - R$20.845,33 (+ R$ 6.025,31)

Fala poupadores!

Mais um mês na luta pra sair da corrrida dos ratos. Mês de fevereiro é bom que passa rápido, tem carnaval pra dar uma quebrada no ritmo, e as coisas ainda tão só começando no ano, então o ar de esperança ainda é grande pro resto do ano.

Uma breve nota antes de continuar, vou tentar adicionar todos os blogs da finansfera que acompanho na barra lateral no blog. Caso alguém tenha recomendações ou queira que seu blog seja adicionado é só falar nos comentários.

Finanças: Mês relativamente bom onde consegui ter uma recuperada das perdas que tive em janeiro no mercado de criptomoedas, então já consigo me sentir um pouco mais tranquilo no aspecto financeiro.

Eu vejo muitos blogueiros sempre falando do mercado de criptomoedas com muito receio, falando que ter que ser doido pra investir muito dinheiro nisso, que tudo pode virar pó de um dia pro outro, etc, mas de acordo com minha experiência não é bem assim.

A volatidade das moedas é muito grande, mas ainda acredito que seja válido investir um pouco nessa categoria pelo enorme potencial de retorno. A tecnologia blockchain é algo que está só começando, e eu realmente acho que esse é o futuro das moedas e transações online.

Vou citar alguns exemplos de algumas moedas/tokens que eu comprei e o porque eu acredito nessa tecnologia.





Ethereum (ETH): Plataforma pioreira de transações construída em cima da tecnologia blockchain. Usando a tecnologia oferecida pelo ETH é possível fazer transações rapidamente para qualquer lugar do mundo, criar contratos entre duas pessoas ou entidades fácilmente, etc. Seu criador, Vitalik Buterin, é um gênio da programação e trabalha ativamente no projeto e buscando parcerias.



OmiseGo (OMG): Plataforma de pagamento e exchange centralizada baseada no Ethereum. Seu principal objetivo é substituir os bancos que cobram altas taxas para transações, principalmente em países de Asia. É apoiada pelo próprio Vitalik Buterin.




Ark (ARK): Seu objetivo é fornecer a usuários e empresas um ecosistema para realizar transações e pagamentos fácilmente. Se diferencia por ter transações super rápidas em comparação com seus concorrentes.

Não vou comentar todas as moedas que invisto pro post não ficar desnecessariamente longo, mas eu acho muito interessante todos esses projetos que são realizados usando a tecnologia blockchain.

 É muito legal essa proposta de não ter que depender de bancos e diminuir as taxas para realizar transações e pagamentos. Pra que andar com dinheiro na carteira, se é possível fazer um pagamento com seu celular sem pagar quase nenhuma taxa por isso?

Na minha cabeça, investir em OmiseGo no início é praticamente como investir em ações da Visa quando ela começou no mercado de cartão de créditos, e é assim que o pessoal que investe também pensa. O retorno pode ser até de 100x ou mais dependendo do quanto antes você investe e do quanto dê certo o projeto, e é por isso que eu investi em cripomoedas no ano passado, e cito isso como um investimento a longo prazo.

Pra mim a tendência do mercado é só aumentar com o tempo e no futuro essas tecnologias começarem a alterar a maneira que vivemos atualmente, mas isso só o tempo vai dizer se estou certo ou errado.

Segue os números até hoje (4 de março):

Criptomoedas: 

A tabela abaixo mostra os valores que compõe a minha carteira de criptomoedas.




 Outras categorias e total:






Nesse mês tive um aumento de  R$ 6.025,31 no portfólio, o que corresponde a um aumento de 40.66%.

Saúde e Exercícios: Comecei a faltar na academia na época do carnaval e perdi um pouco do ritmo que tava antes. Cheguei a não ir por 10 dias seguidos durante o meio do mês, mas consegui dar uma recuperada no final e fui algumas vezes pelo menos. 

O bom é que não perdi o progresso (mínimo) que tinha conseguido antes. O peso dos exercícios continuou o mesmo durante quase todo o mês, mas pelo menos não estou tão frango quando comecei. Em março planejo pegar pesado na academia. Já faz 3 meses que comecei e já ta na hora de mudar o treino, espero conseguir notar uma evolução maior no final do mês de Março e Abril.

Estudos e Vida Profissional: Trabalho continua  na mesma rotina de sempre. Fico me desgastando 9 horas por dia em frente de um computador em uma sala com pouca interação social, mas vou levando por enquanto porque estou ganhando experiência. 

A verdade é que me sinto um pouco mimado (coisa que nunca fui) reclamando nessa categoria. Tem muita gente em situação pior, gente que trabalha com atendimento ao público, em lugares completamente acabados do governo, chefes escrotos, salários de 1000 reais, desemprego, e por aí vai.

Eu já trabalhei nessas situações que citei anteriormente (felizmente nunca tive chefe escroto) como estagiário pra ganhar 600 reais, então não tenho como reclamar ganhando 2k, e trabalhando na área que gosto em um ambiente razoávelmente tranquilo.

Meu único medo é entrar na zona de conforto e não melhorar. Qualquer profissional razoável da minha área ganha mais de 3k com um pouco de experiência (variando de 3k a 8k em média), mas quanto maior o salário vem mais responsabilidades, e uma pressão maior. Por enquanto vou tentando sugar ao máximo o que posso dos colegas que trabalho que tem mais experiência.

Social: Encontrei com um amigo de infância que não conversava a tempos, e consegui rever uns colegas da época de faculdade esse mês. O lado ruim de ser nerd é a dificuldade em organizar essas coisas com seus amigos. A maioria do pessoal é muito introvertido e gosta de ficar em casa, então a dificuldade de organizar algo é sempre muito grande.

Vou ver se até o final do primeiro semestre consigo fazer algo para aumentar meu círculo social, já pensei em fazer aulas de dança de salão, muai-thay, kick-boxing, aulas de guitarra, mas isso custa dinheiro e tempo. Vou pensar com calma pra ver se vale a pena adicionar alguma dessas atividades na rotina. O maior foco é aumentar a interação social mesmo, já que não tenho muita interação social no dia a dia. 

Até a próxima.